Dicas de segurança para o retorno ao trabalho presencial

Com o avanço da vacinação, o retorno ao trabalho presencial está cada vez mais próximo. Assim, é hora de se reinventar novamente, uma vez que novos hábitos devem ser adotados para reduzir os riscos de disseminação da Covid-19.

A pandemia afetou a vida de milhares de pessoas em todo o mundo. Nos negócios não poderia ser diferente. Depois de se adaptar a uma nova rotina, com o avanço da vacinação, o retorno ao trabalho presencial está cada vez mais próximo.

Apesar de aguardado por muitos, o processo pode ser bastante desafiador. Afinal, é hora de se reinventar novamente, uma vez que novos hábitos devem ser adotados para reduzir os riscos de disseminação da Covid-19. Isso inclui adaptação de espaços, criação de processos e muito mais.

Quer saber mais? Leia este artigo até o final e confira dicas para garantir um ambiente mais seguro.

Como garantir um retorno ao trabalho presencial seguro?

Nós já sabemos que é preciso deixar de apertar as mãos, manter a distância entre as pessoas e garantir o uso frequente de álcool em gel. Mas, o novo normal exige ir além.

Não dá para negar: estamos vivendo um momento desafiador. Por isso, em primeiro lugar, as empresas devem se adequar e orientar os profissionais sobre todas as medidas a serem adotadas.

Diante desse cenário e do novo normal, planejar é a melhor opção. Isto é: analisar as possibilidades, demandas e o impacto do retorno presencial para o negócio. Com isso em mãos, é possível entender o cenário e fazer os ajustes necessários.

Principais cuidados a serem tomados

Nem todo tipo de função pode ser realizada a distância, não é mesmo? Por isso, cada vez mais as empresas tem apostado no retorno ao trabalho presencial de forma gradual. Além disso, depois de quase 20 meses em regime remoto, a volta é aguardada por muitos.

A boa notícia é que com um bom planejamento e o ambiente adequado, é possível retornar ao trabalho com segurança.

Mas, para isso, é importante priorizar a higiene e a saúde e segurança, minimizando todos os riscos. Confira abaixo algumas dicas extras que vão ajudar a manter um ambiente mais saudável.

Forneça máscaras de proteção

A utilização de máscaras de proteção deve ser obrigatória em todos os ambientes. Mas, é igualmente importante que as pessoas realizem a troca a máscara ao longo do dia e saibam como higienizá-las de forma correta.

Em alguns casos, é preciso também fornecer luvas, especialmente quando o trabalho é desempenhado por duas ou mais pessoas. Isso ajudará a evitar a propagação do vírus, que se espalha pelo ar e em superfícies.

Incentive a higienização correta dos EPIs

O uso de EPIs deve ser mantido em todas as funções. Afinal, o uso de máscara não elimina a necessidade de outros equipamentos de proteção. No entanto, é importante criar um novo protocolo de higiene.

Somente dessa forma é possível garantir que as peças recebam todos dos cuidados adequados ao fim do dia, evitando a contaminação.

Estabeleça protocolos de prevenção

Ainda sob o mesmo ponto de vista, a Covid-19 pode estar presente em maçanetas, mesas, canetas e equipamentos, se não houver uma higienização correta. Isso significa que desde já as empresas devem disponibilizar álcool em gel 70% em toda a planta, evitando a disseminação do vírus.

Do mesmo modo é importante manter uma rotina de limpeza ainda mais frequente, com foco em locais onde há maior chances de contaminação, como banheiros e cozinhas.

Afaste os colaboradores com sintomas de gripe

Você sabia que febre, tosse, dor de cabeça constante e moleza são sintomas de Covid-19? Acontece que eles também estão relacionados à gripe comum.

Por isso, recomendamos que o plano de ação contemple um protocolo de afastamento de todos aqueles que apresentarem qualquer um desses sintomas, assim como realização de testes.

Adapte os ambientes

Para um retorno presencial mais seguro, é preciso, acima de tudo, apostar no distanciamento entre as pessoas. Isso significa que as empresas deverão reorganizar escalas e postos de trabalho.

Além disso, é preciso adequar os locais de refeição e convívio social, como copas, refeitórios e banheiros. A princípio, separar mesas e cadeiras no refeitório e adotar talheres descartáveis são opções viáveis, assim como o incentivo à utilização de garrafas de água e eliminação de bebedouros.

Adote horários flexíveis

Você já parou para pensar que reorganizar os turnos e adotar jornadas alternativas de trabalho são opções interessantes para melhorar o clima interno e garantir o distanciamento social?

Com a mudança nos horários de entrada e saída, é possível, ainda, evitar que os profissionais utilizem transportes públicos em horários de pico, o que minimiza a exposição a doenças. Isso significa que a ação traz ganhos para ambos.

Seja flexível

O retorno ao trabalho presencial pode não ser tão simples para todos. Por isso, é hora de buscar o equilíbrio entre a produtividade e a segurança.

Afinal, apesar do avanço da vacinação, há ainda variantes que podem pesar nessa decisão. Nesse sentido, não force um colaborador a retornar para as atividades presenciais, caso ele não se sinta confortável.

Além de não ser produtivo, a decisão pode ser perigosa, uma vez com a pandemia muitas pessoas passaram a ter problemas de ansiedade e depressão.

Ou seja, tente ser o mais flexível possível. O momento pede empatia e cuidado.

A conscientização no retorno ao trabalho presencial

A transparência é a chave do sucesso. Dessa forma, para que as equipes se sintam mais confortáveis e motivadas, é importante manter uma comunicação clara, objetiva e empática.

Afinal, quanto mais informação as pessoas tiverem, mais elas terão consciência sobre a doença e sobre a importância de seguir os protocolos, não é mesmo? Por isso, é de fundamental que as empresas ofereçam treinamentos e orientações com uma certa frequência, assim como apostem em campanhas internas de comunicação.

Por fim, lembre-se que ao estabelecer um plano e protocolos corretos, o retorno ao trabalho presencial tende a trazer inúmeros benefícios para as empresas e colaboradores.

Agora que você já sabe como garantir um retorno ao trabalho presencial mais seguro, que tal aproveitar para conferir algumas dicas sobre máscaras de proteção?

Gostou das nossas dicas? Aproveite para de inscrever no formulário abaixo. Com isso, você recebe a nossa newsletter e fica por dentro das novidades do mercado de EPI.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    três + dezenove =

    WhatsApp chat