Repelente para dengue no trabalho: Conheça opções e 3 dicas de Proteção

Repelente para usar contra a Dengue

Será que o repelente para dengue pode ser considerado um EPI? Mais do que nunca, é importante saber como proteger seus funcionários e evitar a enfermidade. Além disso iremos discutir a importância do produto no combate à doença e explicar como ele pode ser considerado um equipamento de segurança no contexto empresarial. Continue conosco e saiba mais a seguir.

Repelente para dengue é EPI?

Com o crescente aumento de casos no país e no mundo, um repelente mata dengue é muito comum nas residências brasileiras. No entanto, o produto não costuma ser encontrado dentro das empresas, pois poucas estão conscientes de que ele pode ser um aliado para manter a saúde dos colaboradores. 

Dessa forma, considerando que EPI é todo produto ou dispositivo que protege o seu funcionário, a resposta é sim, o repelente para dengue pode ser considerado um equipamento de proteção individual e vale a pena investir em sua compra.

Qual o repelente mais eficaz contra o mosquito-da-dengue?

A esta altura, você já deve estar se perguntando qual o melhor repelente para mosquito-da-dengue. Felizmente, nós podemos te indicar os melhores. Confira a seguir um produto que protege por 10 horas e outro que também oferece proteção solar na composição.

Repelente Nutriex

O Repelente Contra Insetos Nutriex protege do mosquito Aedes aegypti, transmissor da Dengue, Zika, Chikungunya e Febre Amarela, por até 10 horas. Além disso ele é seguro, pois não possui nenhuma substância perigosa na composição e não deixa a pele oleosa. De tal forma que, é possível utilizá-lo diariamente.

Protetor solar com repelente

Além de proteger contra o UVA e UVB, o Protetor Solar com Repelente da Nutriex com FPS 60 oferece a proteção perfeita aos funcionários que trabalham externamente. Em resumo, é uma combinação de proteção que vale a pena ter em sua empresa.

R$14,95 à vista Em até 3x de R$5,25
R$20,61 à vista Em até 3x de R$7,23
R$423,35 à vista Em até 3x de R$148,54
R$105,24 à vista Em até 3x de R$36,93

Como usar repelente para se proteger contra o mosquito da dengue?

Para se proteger da doença, o repelente para mosquito-da-dengue precisa ser usado em todas as partes do corpo que estiverem expostas. Dessa maneira, além de utilizar o produto, é interessante orientar os funcionários a utilizarem calças compridas e blusas com manga sempre que possível.  

Além disso, se o repelente para dengue estiver em formato spray, ele jamais deve ser jogado diretamente no rosto, pois pode atingir os olhos. Portanto, a forma certa de utilizar é aplicar nas suas mãos e só depois passar no rosto. 

Apesar disso, independente de qual repelente para dengue for escolhido, não se esqueça de pedir aos funcionários que utilizem o produto em um local ventilado e arejado, para evitar a inalação e alergias. Ademais, lembre-se de que jamais se aplica o repelente em cima de feridas ou pele lesionada.

Qual a importância de se prevenir contra a dengue?

Poucas coisas na vida são piores do que ficar doente ou ter algum familiar sofrendo com sintomas preocupantes. Por isso é tão importante se cuidar, pois pegar dengue interfere na qualidade de vida e pode estragar planos. 

A dengue leva a absenteísmos em empresas e faltas escolares, o que é prejudicial caso os pais não encontrem alguém para cuidar da criança e também precisem faltar no trabalho. Dessa maneira, dependendo da quantidade de casos, esse cenário pode atrapalhar todo o funcionamento da sua empresa. 

Sem contar que ficar doente muitas vezes resulta em gastos com consultas, remédios, exames e, nos piores casos, internações. Aliás, tudo isso desconsiderando a dificuldade em ser atendido nos hospitais, pois, diante dos aumentos de casos, muitas outras pessoas também necessitam de cuidados. 

Além disso, também existe um aspecto mais silencioso da doença, o emocional.  Afinal, trabalhar preocupado em ficar doente ou se preocupar com um familiar doente é uma experiência muito desagradável, que pode minar a produtividade do melhor dos funcionários.

E se esses aspectos já não fossem preocupantes o suficiente, lembramos que a forma mais grave da doença, a dengue hemorrágica, pode matar, então é preciso cuidado redobrado quando falamos de crianças, idosos, pessoas com doenças crônicas ou que já ficaram doentes alguma vez devido ao Aedes aegypti.

Dicas extras para se proteger contra mosquito-da-dengue no trabalho:

Segundo a Organização Mundial da Saúde, os casos da doença em 2024 já superaram os de 2023, então se prevenir contra a enfermidade é urgente. Além de tomar todas as medidas para evitar a proliferação do mosquito no ambiente, usar repelente bom para dengue é essencial para a proteção.

1 – Uso de repelentes adequados

Para descobrir qual o melhor repelente para dengue e zika, existem algumas medidas que você pode adotar: 

  • Escolha produtos à base de DEET, picaridina, IR3535 ou óleo de eucalipto, que são seguros e afastam o Aedes aegypti com eficiência. 
  • Siga as instruções do fabricante à risca e passe corretamente, para que a proteção seja conforme a prometida na embalagem. 
  • Sempre confira o prazo de validade do produto, para evitar que ele seja ineficaz ou prejudicial.
  • Algumas pessoas podem precisar de repelente para dengue bebe, repelente para dengue infantil ou repelente dengue gravidez. É necessário confirmar se ele pode ser utilizado nestas condições.

2 – Promova treinamento e conscientização

Ao cumprir seu papel social, também cabe à empresa promover a conscientização contra o mosquito e a doença no ambiente de trabalho, para proteger os funcionários e os incentivar a repetir a atitude em casa e junto à sociedade em que vive. 

O conhecimento pode salvar vidas, sendo importante que seus colaboradores conheçam a doença, seus sintomas, a forma de contaminação, tempo de recuperação e principalmente saibam como evitar que o mosquito se prolifere. Mostre a importância do repelente para dengue.

3 – Manutenção regular

É importante fazer a manutenção regular do ambiente e se certificar de que não existem focos, mantendo a área externa limpa e sem água aparada. Além disso, é sempre válido telar o ambiente, principalmente nessa época em que o número de casos aumenta. Uma proteção extra nunca é demais.

FAQ – Dúvidas mais frequentes sobre a Dengue

Qual o melhor repelente contra o mosquito-da-dengue? 

Os produtos eficientes contra o mosquito são aqueles que possuem DEET, picaridina, IR3535 ou óleo de eucalipto em sua fórmula. 

Qual cheiro espanta mosquito-da-dengue? 

Se você precisa de uma ajuda extra de aromatizantes, alguns óleos podem afastá-los. São eles: citronela, lavanda, eucalipto, cravo-da-índia, hortelã-pimenta, alecrim e limão. 

Quem está com dengue tem que usar repelente? 

Sim. Apesar de raro, uma pessoa pode ser reinfectada com outro sorotipo de dengue e a doença evoluir para a forma hemorrágica. 

O que espanta o mosquito-da-dengue? 

Além da correta limpeza do ambiente e eliminação de criadouros do mosquito. Todavia, é interessante utilizar bons repelentes e óleos essenciais para espantá-los. 

Qual é o repelente mais eficaz? 

Aqueles de marcas reconhecidas, com os compostos citados anteriormente e dentro da validade. Mas Lembre-se que precisam ser utilizados conforme as instruções do rótulo. 

Por que repelente com icaridina é melhor?

Produtos com o composto são eficazes, resistentes à água e uma opção segura, que pode ser utilizada até em crianças.

Conheça a SafetyTrab

Agora que você sabe que o repelente para dengue pode ser utilizado como EPI, não deixe de providenciar em sua organização. Na SafetyTrab sempre oferecemos dicas sobre temas atuais e temos os melhores produtos para a sua empresa.

Gostou desse conteúdo? Continue acompanhando o nosso blog! Preencha o formulário abaixo para receber dicas e informações sobre EPI’s e segurança do trabalho.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    💬 Precisa de ajuda?