Macacão Químico: Decifrando as Cores e Níveis de Segurança

Macacão Químico: Decifrando as Cores e Níveis de Segurança

A segurança dos trabalhadores em ambientes com risco químico é uma prioridade absoluta, e o uso adequado de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) é essencial para protegê-los de possíveis exposições nocivas. Nesta situação, o macacão químico é um dos EPIs mais importantes, já que oferece proteção abrangente contra produtos químicos perigosos. Neste artigo, vamos explorar os diferentes tipos de macacão químico e também discutir a relevância das cores dos macacões na indicação do nível de segurança.

Função do Macacão Químico

A principal função do macacão químico é proteger os trabalhadores contra uma variedade de riscos químicos, incluindo líquidos corrosivos, gases tóxicos, partículas sólidas e poeiras perigosas. Quando utilizado corretamente, esse EPI atua como uma barreira eficaz, prevenindo a exposição direta do corpo às substâncias perigosas e minimizando o risco de lesões graves ou doenças relacionadas à exposição química.

Tipo: Níveis de Proteção

Os macacões químicos são categorizados em seis tipos distintos, e o grau de proteção varia de acordo com o tipo. Vejamos cada tipo em detalhes:

  • Tipo 1: Oferecendo o mais alto nível de proteção, o macacão tipo 1 é resistente contra gases e vapores tóxicos. É a opção ideal para ambientes com risco significativo de exposição a esses perigos químicos.
  • Tipo 2: Com o segundo maior grau de resistência, o macacão tipo 2 fornece proteção contra líquidos químicos, mas não protege contra gases e vapores tóxicos. É indicado para situações onde o risco é principalmente relacionado a líquidos perigosos.
  • Tipo 3: Oferecendo um nível intermediário de proteção, o macacão tipo 3 é projetado para resistir a jatos líquidos. É especialmente útil em ambientes onde há possibilidade de respingos intensos de líquidos químicos.
  • Tipo 4: O macacão tipo 4 proporciona proteção contra respingos mais intensos, mas é ligeiramente menos resistente que o tipo 3. É a escolha adequada para situações em que o risco de exposição a líquidos químicos é menor, mas ainda necessita de proteção contra possíveis respingos.
  • Tipo 5: Oferecendo um nível baixo de proteção, o macacão tipo 5 é projetado para proteger contra partículas sólidas, como poeiras e fibras. Entretanto, não oferece resistência significativa contra líquidos químicos.
  • Tipo 6: O tipo 6 é o macacão químico menos resistente. Ele proporciona proteção contra respingos considerados leves, sendo mais adequado para situações onde o risco químico é mínimo.
R$11,25 à vista Em até 3x de R$3,95
R$16,34 à vista Em até 3x de R$5,73

Classificação por Cores do Macacão Químico

Além de classificar por tipos, os macacões químicos também diferenciam-se por cores para indicar o nível de segurança fornecido

  • Macacão Branco: Geralmente proporcionam proteção equivalente ao tipo 6. No entanto, é possível encontrar opções que ofereçam proteção dos tipos 4 e 5. Portanto, é essencial verificar tanto o nível de proteção quanto a cor.
  • Macacão Amarelo: Oferecem mais proteção em comparação aos brancos, mas menos do que os verdes. Eles são recomendados para cerca de 80 produtos químicos diferentes.
  • Macacão Verde: Os macacões verdes são os mais resistentes e oferecem a maior proteção. Recomendados para aproximadamente 180 produtos químicos diferentes, são ideais para ambientes de trabalho com alto risco químico.

E você, gostou desse conteúdo? Continue acompanhando o nosso blog! Preencha o formulário abaixo para receber dicas e informações sobre EPI’s e segurança do trabalho.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    💬 Precisa de ajuda?